VOLTAR AO SITE Logomarca

As 5 capas de revistas mais icônicas

02/06

Olá meninas, como estão? Depois de um final de semana regado a muito chocolate quente e edredom o post de hoje é relax. Hoje vamos comentar sobre as 5 capas de revistas mais icônicas de todos os tempos.


Fotos polêmicas, layouts provocativos que marcaram a história do design gráfico e da fotografia. Material rico em informação e inspiração! Vale a pena conferir:  

 


O primeiro lugar foi dada à capa da revista Rolling Stone (22 de janeiro de 1981) com uma foto de John Lennon e Yoko Ono, feita por Annie Leibowitz. Poucas horas após que esta foto foi tirada, John Lennon foi assassinado – 8 de dezembro de 1980.

 


Vanity Fair (agosto 1991) A fotografia na época chocou, Demi Moore nua no último mês de gravidez após o ruidoso sucesso do filme “Ghost”. É também um trabalho de Annie Leibovitz.

 


Esquire (Abril, 1968), Muhammad Ali, atravessado por seis flechas sob o título “Paixão de Muhammad Ali”, apareceu na capa da Esquire logo após a recusa de Ali em servir o exército americano por causa de suas crenças religiosas. Por este motivo foi retirado seu titulo de campeão mundial dos peso-pesados (depois ele não só recuperou o cinturão como até hoje é considerado o melhor boxeador do mundo). Na capa Ali é apresentado como São Sebastião, atravessado por flechas por suas crenças religiosas.

 


Esquire (maio de 1969) Na capa da Esquire o artista Andy Warhol aparece se afogando em uma lata de sopa de tomate “Campbell”.  A lata “Campbell” ganhou fama mundial como um objeto de arte da era pop art, um símbolo da era de consumo de massa.

 


Harper’s Bazaar (setembro 1992) A primeira edição da revista Harper’s saiu em 1867, e em 1992 comemorou seu aniversário de 125 anos. O número de setembro foi o ponto de mudança na história da revista. A editora-chefe(da época)  era a lendária Tilberis Liz, que a partir desta edição. transformou a revista em uma das mais avançadas editorialmente no mundo da indústria da moda. Na capa que diz “Entre na era da elegância” – a modelo super top da época Linda Evangelista.


Fonte: http://www.comunidademoda.com.br/


Nossa! Muito bacanas não é mesmo? Além de criativas são muito inspiradoras! Não são simples fotografias, há fundamentos e história por de trás de cada capa e isso é realmente fascinante. Até a próxima meninas, beijos. 


 



 


GOSTOU? COMPARTILHE

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Leia Também
Logomarca
© 2016 - LÚCIA FIGUEREDO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS